Com a qualidade do da saúde pública no brasil cada vez mais decadente, o Sistema único de Saúde (SUS) é temido por quem pensa que pode ficar doente a qualquer momento. Por esse motivo, muitas pessoas estão optando pela contratação de planos de saúde particulares, evitando assim dores de cabeça futuras.

Porém, não pense que ao contratar um plano de saúde particular você está livre de problemas. Muitas pessoas enfrentam dificuldades com os convênios por não lerem os contratos e acreditaram nas promessas dos corretores, de quem contratam.

Veja aqui os 5 cuidados que você deve ter antes de contratar seu plano de saúde.

Avalie a cobertura necessária

Antes de começar a procurar um plano de saúde, você tem que saber que existem planos de cobertura regional e cobertura nacional. Você deve avaliar a sua rotina, se faz viagens durante o ano e se é necessária uma cobertura nacional.

As coberturas regionais são mais baratas, pois, sua rede credenciada é bem reduzida em comparação aos planos de abrangência nacional. Mas antes de contratar, saiba que fora da regional do seu contrato você dependerá do SUS. Mas, se você sai da sua região algumas vezes ao ano, você deve contratar o plano nacional e ficar despreocupado na sua próxima viagem.

Entenda as modalidades dos planos

As empresas que oferecem planos de saúde possuem dois tipos de modalidades: individual/familiar e coletivo/empresarial. Os planos individuais estão a cada dia menos comercializados e as empresas preferem ofertar planos coletivos, que podem ser adquiridos por meio de entidades de classe, como os grupos de profissionais.

Mas fique atento, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) não diz nada sobre o reajuste de planos coletivos, por esse motivo é sempre uma surpresa o reajuste dos planos. Geralmente eles são mais altos que o normal.

Verifique a confiabilidade do plano

Antes de contratar um plano de saúde, confira no site da ANS as informações sobre a empresa que você está querendo fechar. Lá você encontra informações sobre o desempenho da empresa e qual a posição na lista de operadoras que mais recebem reclamação dos consumidores.

Analise as carências

As carências são a parte mais temida de quem está contratando um plano de saúde. Quando você contrata um plano, para conseguir utilizar integralmente dele, você fica até 180 dias impedido de usar alguns serviços. E se você está contratando um plano para evitar utilizar o sistema de saúde público, essa informação não é muito agradável.

Por esse motivo, verifique sempre qual as carências que esse plano possui. Mas, se você já tinha um outro plano de saúde a mais de dois anos, você pode fazer portabilidade da carência, assim não tem que esperar nada para utilizar seu plano por completo.

Leia com atenção o contrato

Antes de finalizar a contratação, preste atenção ao contrato que você irá assinar. Leia tudo com atenção e peça uma cópia para você. Exija tudo que seu corretor prometeu, que ele coloque por escrito no contrato.

Seguindo todas essas dicas, você irá contratar tranquilamente seu plano de saúde.